yesFique bem atento às garantias contratadas no seguro de sua residência, pois existem diversas garantias, e você praticamente  montará o seguro de acordo com a sua necessidade.

yesOutro quesito a prestar muita atenção é em relação ao valor da franquia para cada cobertura. Esse valor será o valor que será descontado do valor total que a seguradora terá que indenizar.

yesTome bastante cuidado também em relação ao tipo de construção,que na grande maioria das seguradoras estão divididos em superior ou sólida e mista ou madeira. O que faz diferença na definição do tipo de construção são as paredes externas da residência. Caso as quatro paredes externas da residência sejam de alvenaria, ela será enquadrada como superior ou sólida. Caso a residência possua uma das quatro paredes externas de madeira, ela será enquadrada como mista ou madeira. Atente bem para esse tópico, porque na grande maioria das vezes as seguradoras não fazem vistoria prévia na residência, causando um grande problema em um eventual sinistro, que em alguns casos não terão cobertura de seguro.

yesPara que se classifique um seguro como residencial, o objeto do seguro, que é o imóvel a ser segurado, não pode estar em comunicação direta com qualquer tipo de empresa. Nos dias de hoje é muito frequente as pessoas isolarem externamente parte de sua residência e instalarem nesse local um comércio, salão de beleza, etc. Caso haja ligação interna entre a empresa e a residência, o seguro deixará de ser residencial e terá de ser contratado como seguro empresarial. Atente bem a esse quesito, pois também poderá gerar negativa de um eventual sinistro por parte da seguradora.

yesPeça explicações também quanto a eventuais depreciações, geralmente ocorridas na garantia de roubo e ou furto qualificado, quando o bem subtraído for equipamentos eletro-eletrônicos.